notícias

TRATAMENTOS PARA INSÔNIA

Publicada: 04/06/2020

Costuma dormir e acordar cansado? Entenda por que isso é um problema

 

 

 

 

 

 

 

 

Todos os dias você dorme no mesmo horário e tem um número de horas de sono considerado suficiente (8 horas), mas, mesmo assim, desperta como se não tivesse descansado nada? Pois saiba que isso é mais comum do que se imagina, porém dormir e acordar cansado não é normal e nem saudável.

Vez ou outra, querer ficar na cama é algo que acontece. Afinal, às vezes bate aquela preguiça de levantar. No entanto, se isso ocorre com muita frequência e, o pior, você passa o dia se arrastando de cansaço, é um sinal para dar maior atenção à qualidade do seu sono.

Neste post, falamos mais sobre o assunto, trazendo as consequências de um sono ruim, o que pode causar esse distúrbio e o que fazer para melhorar o seu descanso. Ficou interessado? Então, basta continuar a leitura para conferir!

O sono de qualidade

Um sono de qualidade é aquele em que a gente dorme e acorda revigorado, pronto para encarar o dia. Ele é mais importante do que se pode imaginar, não somente para ter um dia produtivo mas também para a saúde como um todo.

Ciclo do sono

O que nos faz dormir e acordar cansados está diretamente ligado ao ciclo do sono. Durante 90 minutos, que é a duração desse ciclo, o sono começa suave até chegar em um estágio profundo, que é o dos sonhos. Depois disso, retornamos à etapa inicial e repetimos todo o processo por umas 4 ou 5 vezes por noite.

Quando isso acontece, acordamos bem e descansados. Entretanto, se somos interrompidos no estágio do sono profundo, despertamos tão cansados quanto fomos dormir.

Requisitos para um sono de qualidade

O que é ou deixa de ser um sono de boa qualidade é um tanto quanto particular. Entretanto, alguns cientistas reconheceram fatores em comum em pessoas que dormem bem. A seguir, confira quais são:

  • adormecer em, no máximo, 30 minutos;
  • acordar apenas uma vez na madrugada (ou duas no caso de idosos);
  • dormir durante 85% do tempo em que está deitado;
  • passar, no máximo, 20 minutos acordado na madrugada (ou 30 minutos se for idoso).

As razões que levam a dormir e acordar cansado

Muitas vezes, as pessoas ficam tão acostumadas a dormir mal e acordar cansadas que nem vão atrás de saber quais são as causas do sono de má qualidade. Você é desse time? Então, saiba que pode se surpreender ao identificar razões simples e facilmente solucionáveis, mas que podem estar tirando o seu sono.

Má alimentação e sedentarismo

A alimentação é um dos fatores que podem contribuir para você dormir bem ou mal. Quando comemos adequadamente, o organismo tem todos os nutrientes para funcionar da melhor maneira possível, inclusive produzindo os hormônios necessários para uma boa noite de sono.

Em contrapartida, alimentar-se mal e fazer refeições muito pesadas à noite deixa a digestão difícil e, consequentemente, o sono perturbado. Já em relação ao sedentarismo, é simples: nosso corpo foi feito para se movimentar e, quando isso não acontece, diversos processos ficam alterados, incluindo o sono.

Alto consumo de álcool e de café

O alto consumo de álcool, principalmente antes de dormir, aliado à baixa ingestão de água pode ser responsável por noites ruins. Isso porque o organismo não tem tempo suficiente para metabolizar a substância, o que resulta em nervosismo e irritação no momento em que se deveria estar relaxado para dormir.

Por sua vez, a cafeína é um conhecido estimulante e melhora a concentração e a memória, sendo ótima para quem precisa se manter focado em uma atividade. Por isso não é indicado o consumo de bebidas que a contenham pouco tempo antes de dormir na medida em que isso dificulta o adormecimento.

Pouco sol

A vitamina D, que é adquirida por meio de banhos de sol, é fundamental para diminuir a sensação de cansaço. Muitas vezes, passamos tanto tempo dentro do escritório ou em casa que ficamos com a síntese desse nutriente comprometida, o que pode promover o cansaço constante.

Muito estímulo à noite

Embora a noite venha para nos avisar que está na hora de dormir, ainda mantemos muitos estímulos que podem prejudicar o sono. Ir para a cama com o celular ligado, por exemplo, pode fazer com que você demore a adormecer. Além disso, dar aquela conferida no aparelho quando acorda na madrugada também pode dificultar pegar no sono novamente e contribuir para que você acorde cansado.

Os malefícios do sono ruim

Você fica doente constantemente? O clima muda um pouco e você já começa a espirrar? Bom, isso pode ter a ver com a qualidade do seu sono. É enquanto dormimos que diversos processos acontecem no corpo, como produção de hormônios e de células de defesa e regeneração dos tecidos. Nesse sentido, as consequências de se dormir mal não estão ligadas somente à indisposição e ao cansaço.

O sistema imunológico gasta muita energia para funcionar. Sendo assim, ele aproveita o sono para fazer os ajustes necessários e produzir as células de defesa para encarar as batalhas do outro dia. Quem dorme pouco tem menos tempo para que a imunidade se fortaleça, o que resulta em uma baixa defesa.

Dormir pouco aumenta o hormônio do estresse, que é o cortisol. Essa substância também reduz a imunidade, além de promover ganho de peso e favorecer doenças como diabetes e hipertensão.

As soluções para melhorar a qualidade do sono

Para dormir melhor, é preciso eliminar os fatores que dificultam o sono. Manter uma alimentação saudável, praticar atividades físicas regularmente, reduzir a ingestão de álcool e cafeína e ter uma rotina relaxante ao anoitecer podem ajudar, e muito, a ter um descanso realmente efetivo.

Mesmo assim, algumas pessoas podem não conseguir ter o tão sonhado sono de qualidade. Então, o uso de suplemento alimentar é indicado. Atualmente, é possível encontrar produtos que auxiliam a adormecer e ter uma noite mais tranquila. É o caso do suplemento à base de triptofano — um aminoácido precursor da melatonina, que é o hormônio do sono, e da serotonina, que é o hormônio da felicidade.

Embora dormir e acordar cansado seja a realidade de muitas pessoas, isso não é normal. O sono é fundamental para o organismo recuperar as energias e ajustar diversos processos e sistemas, inclusive o imunológico. Quando dormimos mal, nosso corpo é prejudicado, o que reflete na piora da saúde. Por isso é tão importante se preocupar com a qualidade do sono.

Gostou do nosso post? Saiba que sempre trazemos informações úteis sobre saúde e bem-estar. Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro das nossas novidades! Estamos no Facebook e no Instagram.

Fonte: Blog Rosemari Vendramin Penshorn

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dê sua opinião